30/07/2013

Sweet 1400 - Capítulo 2

BUENOS DIAS SEÑORITOS! JO NO ABLAS ESPANHOL! -q

Quem queria ler o segundo capítulo da Sweet 1400 já pode e-e

Quero avisar que esse é um dos capítulos mais importantes, e é onde a história começa a ficar picante



                As irmãs subiram a escada de mármore claro coberta por um tapete roxo. O salão de festas era enorme. O chão de mármore entrava em contraste com as paredes eram brancas e estavam iluminadas por um grande lustre com diamantes – que estava pendurado no teto. As mesas do salão estavam cobertas por toalhas pretas, com grandes arranjos de flores falsas feitas de pedras preciosas, taças de cristal e pratos de porcelana. Cadeiras pretas de madeira, janelas grandes com cortinas de seda, alto-falantes de onde sairia uma música que ainda não tinha começado a tocar e alguns buracos de ventilação por onde sairia a fumaça que adornaria o chão do salão durante a festa deixavam o lugar mais glamuroso.
                 Enquanto Natalie encarava o salão com o queixo caído, Maddie espiava pela janela vários carros cruzarem a rua. Os convidados estavam chegando, embora fossem apenas 20:07, segundo o relógio da rua da frente, que tinha acabado de dar oito badaladas. Mas aquele não era um relógio comum; era o Big Bang. Mesmo que Maddie não devesse ficar com a cabeça quente em seu aniversário, o pesadelo que ela tinha tido na noite passada ainda atormentava sua mente. Não é real pensava Maddie Não pode ser real.
                A medida que o tempo foi passando, os convidados chegavam e o salão estava se lotando. Depois de serem cumprimentadas pela maioria dos convidados, Maddie e Naty se sentaram em uma mesa qualquer com Zendaya, Lailly, Belle, Lana, Matty, Danny e Darla. As meninas já tinham sido interrompidas diversas vezes quando decidiram se levantar:
                - Acho que tem uma sala aqui! Ela está vazia, lá poderemos conversar em paz! – Maddie arrombou a porta com um grampo de seu cabelo e entrou
                - Que escuro – Murmuraram Naty e Belle ao mesmo tempo, encarando a sala completamente coberta pela escuridão
                - Onde está o interruptor dessa sala? – Danny começou a tatear a parede, como se o interruptor fosse aparecer diante de sua mão
                - Acho que é mais fácil assim – Lana bateu palmas e as luzes se acenderam
                As meninas passaram alguns minutos em silêncio, apenas observando a sala vazia. Mesmo com as luzes acesas, ela parecia escura e sombria. Repentinamente, uma neblina cobriu o chão, e tudo ficou escuro
                - Mas que diabos...? – Maddie disse, um pouco assustada mas mesmo assim com imponência na voz
                Do nada, uma luz apareceu na parede da sala. A luz mostrava uma imagem, mas a imagem não estava nítida. Um pouco depois, a imagem começou a ficar mais visível. Duas garotinhas, muito parecidas, com cabelos negros, olhos vermelhos e pele pálida; elas estavam no meio de uma floresta, tentando subir em um cavalo :
                - Eu vou subir! Me levanta, Maddie? – Disse uma das garotinhas, que tentava subir nos ombros da irmã
                - Se você parar de chacoalhar, vai ajudar muito, Naty – Disse a outra garotinha, que agora tentava levantar a irmã nos cavalos
                As oito meninas, que estavam na festa, encaravam a lembrança silenciosamente, quando Natalie rompeu o silêncio :
                - E-e-eu lembro d-desse dia – Ela gaguejou, enquanto uma lágrima rolava por sua bochecha esquerda.
                Nenhuma das meninas disse mais nada, enquanto observavam a pequena Natalie subir no cavalo, o cavalo derruba-la, ela cair, bater a cabeça e começar a chorar. Então, Belle encarou a Natalie ao seu lado e colocou a mão sobre seu ombro, com compaixão :
                - O que houve nesse dia? – Belle encarava a amiga como se fosse um médico perguntando a uma criancinha que tinha acabado de quebrar o braço
                - Eu meio que p-perdi a coragem pra aventuras – Naty estava com cara de quem ia chorar
                A imagem foi desaparecendo, e agora mostrava a imagem de uma garota, um pouco mais velha do que a que estava na imagem anterior, corria por uma floresta. Sua roupa era preta, e parecia que estava suja de terra. Ela ofegava e tinha arranhões na face.
                - Quando eu fugi do reformatório – Maddie parecia orgulhosa de si mesma.
                A Lembrança foi se dissolvendo, dando lugar ao hall de um palácio. Havia uma mulher sentada em um trono, e uma garota ligeiramente mais velha do que a que estava correndo na floresta. A garota tremia, e encarava a mulher :
                - É INADIMISSIVEL TER UMA FILHA QUE NÃO GOSTE DE BEBER SANGUE! E QUE NÃO GOSTE DE MATAR! – A mulher gritava com a menina
                - Mas mamãe...
                - SEM “MAS”. EU PREFERIA TER UM FILHO NO SEU LUGAR!
                Sete das oito amigas estavam encarando a imagem, com olhos arregalados. Mas Natalie não fazia isso; ela já sabia o que iria acontecer. A garota saiu do hall e subiu as escadas, enquanto chorava. Ela entrou em seu quarto e bateu a porta.
                - O que foi? – Perguntou a menina, que pelo visto era Maddie
                - NÃO É DA SUA CONTA! VOCÊ SEMPRE FOI PERFEITA, SEMPRE FOI A FAVORITA! – Naty se jogou na cama
                Ninguém falou nada enquanto a imagem começava a girar, e era substituída por muita fumaça. Duas meninas, da idade das garotas que observavam a lembrança, corriam, quando um caiu dura no chão e a outra a segurou e correu. O local em que elas estavam pegava fogo. É o pesadelo que eu tive! Maddie pensou.
                - Estranho... eu não lembro de isso ter acontecido – Natalie encarava a lembrança. Não dava pra ver qual das gêmeas era quem pois suas roupas estavam cobertas por fumaça, sujeira e sangue.
                As meninas não falaram mais nada, pois as oito amigas foram atingidas por algo duro e desmaiaram.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Esse capítulo acaba por aqui! Eu deixo a parte mais PICANTE pro próximo capt


Comente com o Facebook:

9 comentários:

  1. Tadinha da Lana ,ela tá junto das oito que levou uma pancada e desmaiou e-e
    Fiquei com pena da Naty e-e

    ResponderExcluir
  2. MEU DEUS, FIQUEI TÃO-TÃO ANSIOSA, QUE DIWO, PRECISO LER MAIS.

    ResponderExcluir
  3. Preciso ler o resto da história, vamos escreva logo ¬.¬

    Beijos
    tudomonstroefof.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. QUERO MAIS
    AGORA
    Ui... Quero ver a parte "PICANTE" AHUEHUEHUE

    ResponderExcluir
  5. Ui ui ui ai ai ai... Qui bom *.*
    Vou ler o capt 3!

    ResponderExcluir

Evite discussões, não queremos brigas nos comentários;
Críticas positivas serão muito bem-vindas!
Pedidos para ser postador serão ignorados ou excluídos;
E agradecemos pelo seu comentário!


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©